fbpx
Raio:

Uma Enfermeira em Munique: Mara Alves


Colocado por | Março 20, 2019 | Parceiros, Testemunhos de Migração

O meu nome é Mara Alves, tenho 29 anos e nasci em Aarau, na Suíça, onde os meus pais viviam na altura e vivi lá também até aos 10 anos.
Terminei a minha Licenciatura em Enfermagem na CESPU em Julho de 2012.
Procurei apenas por alguns meses trabalho em Portugal, mas a situação do nosso país nessa altura estava péssima…. Fui a uma entrevista de trabalho onde me ofereceram 4 euros por hora – como é óbvio não aceitei! Tive de pensar numa alternativa para mim. E aí surgiu a ideia de emigrar…


Comecei a ver propostas para a Suíça e para Alemanha. Mas a que mais me agradou foi para Alemanha uma vez que a oferta seria para uma cidade que eu sempre admirei – Munique. Fui através de uma empresa de recrutamento e tudo correu como previsto. Comecei a trabalhar em 2013 no mesmo hospital onde ainda trabalho hoje!

As maiores diferenças culturais entre Portugal e a Alemanha são sem dúvida no estilo de vida e no pensamento entre os dois povos, sobretudo no que diz respeito à organização do trabalho. Na Alemanha, todos os membros da equipa têm as suas competências bem definidas e cada um faz a sua parte para que tudo corra pelo melhor. São rigorosos e isso acaba por tornar o trabalho mais fácil.

Claro que existem algumas diferenças entre os sistemas de saúde e a Enfermagem na Alemanha relativamente a Portugal. A organização é diferente e as coisas funcionam com base no conhecimento demonstrado. Por exemplo, um Enfermeiro que trabalhe num serviço de internamento não faz algumas das técnicas que faria em Portugal, porque elas estão a cargo de outros profissionais. Mas num Serviço de Cuidados Intensivos, não há grande diferença.

Também existem diferenças de Hospital para Hospital, uma vez que cada hospital tem autonomia para gerir o trabalho dos profissionais da melhor forma para elevar a qualidade dos cuidados.

Em 2017, surgiu o convite para trabalhar com a JOB AG Medicare como parceira de integração para os Enfermeiros Portugueses que iniciam funções de imediato e, como conhecia a equipa de recrutamento (foram as mesmas pessoas que geriram o meu processo quando vim) decidi aceitar. Tem sido muito gratificante poder servir de suporte para os colegas mais jovens que iniciam uma nova fase das suas vidas e tento sempre ajudá-los em tudo o que posso!

A JOB AG Medicare divulga em Portugal ofertas de emprego a tempo indeterminado em contexto hospitalar e procura dar as oportunidades que os profissionais de Enfermagem precisam para desenvolver as suas competências e as suas carreiras.

Existem muitas vantagens em trabalhar na Alemanha: somos bem remunerados, a progressão na carreira é garantida, temos acesso a especializações oferecidas pelo próprio hospital e várias outras regalias.

Fazer turnos de noite e em dias feriados compensa bastante, financeiramente. E na Alemanha temos muito boa qualidade de vida – a vida no geral na Alemanha é igual a Portugal e o nosso poder de compra é superior. Também é mais fácil organizar o tempo de trabalho, para conjugar com a vida familiar e os amigos. Eu tenho a oportunidade de ir com muita frequência a Portugal e ainda consigo “dar umas voltinhas” pela Europa!


Para além de que aqui, recebemos diariamente elogios pelo nosso trabalho e isso faz-nos sentir muito valorizados. Para mim, aquilo que trabalhar na Alemanha me trouxe de realmente bom foi a valorização do meu trabalho e a possibilidade de poder crescer muito rapidamente como Enfermeira. Por exemplo, o meu sonho quando terminei o Curso era poder seguir a área de Cuidados Intensivos mas, sendo recém-licenciada, sabia que em Portugal isso não seria fácil.

Quando cheguei cá, tive a oportunidade de comunicar à direção que esse era o meu objetivo e eles tiveram isso em atenção – passei 6 meses no serviço de Cirurgia Ortopédica e foi o próprio hospital que me fez o convite para pertencer à equipa de Cuidados Intensivos. Sem dúvida ficou na minha memória, por terem valorizado o meu trabalho e me darem a oportunidade de concretizar o meu objetivo!O conselho que daria aos jovens que estão a terminar agora a sua formação é, sem dúvida, virem experimentar esta aventura como eu vim. Não terem medo de experimentar algo novo! Eu acabei por gostar e fiquei – não me imagino a voltar tão cedo para Portugal!

E para quem tenha receio da Língua Alemã, acreditem que não é impeditivo. Trabalhei e trabalho com muitos Enfermeiros Portugueses que conseguiram aprender rapidamente a língua – só é preciso motivação!

Podes ver ofertas de emprego da Job AG para a Alemanha AQUI

4705 total de vistas, 1 hoje

Etiquetas: ,