fbpx
Raio:
Testemunho Ana Henriques

O meu nome é Ana Henriques, eu sou enfermeira no Hospital Universitário Southampton NHS Foundation Trust.

Continuar a Ler »

Nuno Miguel Campos da Silva, nascido no Porto.
Mestre em Psicologia do Trabalho e Organiza√ß√Ķes pela Faculdade de Psicologia e de Ci√™ncias da Educa√ß√£o da Universidade de Coimbra em 2007.
Pós Graduação em Gestão de Recursos Humanos no ISAG em 2008.
Publica√ß√Ķes em revistas da especialidade, sobretudo na √°rea da Intelig√™ncia Emocional em contexto Organizacional/Empresarial.
Atualmente, Consultor divis√£o Sa√ļde e Gestor da empresa AMPLIA.

Continuar a Ler »

Entrevista a Kate Cowhig | KCR

Colocado por | Novembro 21, 2016 | Parceiros

Kate Cowhig √©, ela pr√≥pria, uma enfermeira, registada como Enfermeira Especialista e Enfermeira Geral, no Hospital de St James, em Dublin, a Rep√ļblica da Irlanda. Trabalhou no Hospital Ibn Al-Bitar (Parc Group), em Bagdad, no Iraque, e como Enfermeira no servi√ßo de Cuidados intensivos, em Nova York, nos Estados Unidos.

Continuar a Ler »

Marco Costa, 31 anos, embora natural de Vale de Cambra, estudou, vive e trabalha em Viseu h√° cerca de 12 anos. √Č licenciado em Marketing pela Escola Superior de Tecnologia e Gest√£o de Viseu. Teve experi√™ncias anteriores nas √°reas de marketing e das novas tecnologias de informa√ß√£o at√© ter surgido em 2010 a oportunidade de iniciar a colabora√ß√£o com a Moving People no recrutamento internacional de profissionais de sa√ļde. Gosta de desporto e de m√ļsica.

Continuar a Ler »

MediCarrera

O seu nome √© C√°tia Cunha, tem 34 anos, √© natural de Lisboa mas vive em Barcelona h√° cerca de 3 anos. √Č licenciada em Psicologia Social e das Organiza√ß√Ķes pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada, Lisboa.

Continuar a Ler »

Entrevistamos a Ana Ribeiro do Transcrit√≥rio. Empresa que veio revolucionar esta √°rea com a introdu√ß√£o de packs low-cost padronizados para profissionais de sa√ļde que t√™m inten√ß√£o de ter uma carreira profissional fora de Portugal.

Continuar a Ler »

Ser enfermeiro começa por ser uma opção, muitas vezes irreflectida, outras considerada uma vocação, ou simplesmente o resultado de várias ontingências a ponderar no momento de decidir um futuro e uma carreira.

Continuar a Ler »

O meu nome √© Jo√£o Paralta, tenho 26 anos e sou natural de Nisa (Alto Alentejo). Tirei o curso de Enfermagem na Escola Superior de Sa√ļde do Instituto Polit√©cnico de Portalegre. Comecei no Ano de 2006 e terminei em 2010.¬† Posso definir-me como muito organizado e simp√°tico. Escolhi Enfermagem um pouco por influ√™ncia, pois era o curso que a minha irm√£ estava a tirar e ouvia dizer que tinha sa√≠da. Desporto sempre foi o que mais me fascinava, mas para qu√™? Ir para o desemprego? Hoje sei que foi a melhor escolha e j√° passaram 5 anos que acabei o curso.

Continuar a Ler »

Sou o Andr√© Leite, 39 anos, engenheiro, ex-consultor de Gest√£o de Empresas e de Organiza√ß√Ķes Sociais, especializado em Gerontologia, Bioengenharia e Tecnologias de Apoio, co-fundador e dirigente de duas IPSSs. Fa√ßo Bodyboard, desportos de ondas e adoro viajar.

Continuar a Ler »

Sou a Mónica, tenho 26 anos. Sou natural de Castelo de Paiva, fui militar no Exército Português durante 6 anos e licenciei-me pela Escola Superior de Enfermagem de Lisboa.

Nunca sonhei ser Enfermeira, mas sempre admirei o trabalho dos Enfermeiros, o muito que fazem e a pouca visibilidade que têm, não trabalham para serem reconhecidos, mas para fazerem a diferença…

Angola n√£o surgiu espontaneamente, eu enviei curr√≠culos propositadamente para toda a √Āfrica recusei propostas para a B√©lgica, Alemanha e Inglaterra‚Ķ Quando me fizerem a proposta aceitei sem pestanejar‚Ķ Porqu√™ Angola?! Porque para mim s√≥ faria sentido fazer o sacrif√≠cio de abandonar o meu pa√≠s se fosse para estar num local onde as pessoas sabem bem o que √© sacrif√≠cio e onde a minha saudade ou a m√°goa de abandonar o meu pa√≠s era pouco comparado ao muito que eu podia fazer por aquelas pessoas, as que sabiam muito antes de sa√≠rem do ventre o que √© dor e sofrimento.

Continuar a Ler »