Raio:

√ďleo de palma associado a depress√£o e ansiedade


Colocado por | Fevereiro 16, 2018 | Notícias

Um novo estudo demonstrou que uma alimentação rica em gordura saturada e açúcar provoca mais do que obesidade e inflamação.

Com efeito, o estudo conduzido por uma equipa de investigadores do Centro de Investigação do Complexo Hospitalar da Universidade de Montreal, Canadá, indicou que a gordura saturada nos alimentos, encontrada principalmente sob a forma de óleo de palma e de gordura animal, provoca inflamação no núcleo accumbens, uma região do cérebro que controla o sistema de recompensa e o humor.

Esta inflamação pode conduzir por sua vez a comportamentos depressivos, compulsivos e de ansiedade, assim como perturbar o metabolismo.

Para o estudo, Stéphanie Fulton e colegas alimentaram dois grupos de ratinhos com o mesmo número de calorias, 50% das quais eram oriundas de gordura. Um dos grupos recebeu uma dieta com gordura saturada e o outro com gordura monoinsaturada. A equipa alimentou ainda um terceiro grupo com uma dieta pobre em gordura.

Foi observado que os ratinhos que tinham recebido a dieta rica em gordura saturada consumiram voluntariamente mais gramas de comida e, assim, mais calorias.

“Demorou apenas 12 semanas para que a dieta rica em gordura saturada causasse obesidade, comportamentos ansiodepressivos e alterações metabólicas associadas à pré-diabetes”, disse Lá-Décarie Spain, primeira autora do estudo.

A equipa explicou que as alterações observadas nos ratinhos com a dieta rica em gordura saturada e açúcar não foram observadas tanto numa dieta rica em açúcar, como numa rica em gordura monoinsaturada, que é o tipo de gordura presente no azeite.

Muitos estudos conduzidos sobre humanos demonstraram que a dieta mediterrânica, que é pobre em gordura saturada tem um efeito protetor na depressão. Apesar de ter sido conduzido em ratinhos, é possível que o observado ocorra também nos humanos.

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

524 total de vistas, 1 hoje