Raio:

Entrevista a Ana Rocha | EPSN


Colocado por | Novembro 28, 2017 | Parceiros, Recursos Humanos

EPSN - Ana Rocha

Entrevista a Ana Rocha, Senior Medical & Healthcare Recruiter na EPSN Workforce

EPSN - Ana Rocha
Emprego Sa√ļde ‚Äď Quando e como come√ßou a trabalhar na √°rea de recrutamento?

AR – Comecei a trabalhar em recrutamento em Junho de 2013 numa empresa de renome internacional depois de uma experi√™ncia de mais de dois anos como Enfermeira no Reino Unido. Estavam¬†√† procura de uma enfermeira com mais de dois anos de experi√™ncia no Reino Unido para a posi√ß√£o e eu encaixava no perfil e foi assim que come√ßou a minha experi√™ncia de recrutamento em Sa√ļde! Em Abril 2016 aceitei o convite da EPSN para me juntar¬†√† equipa em Portugal!

 

Emprego Sa√ļde ‚Äď Qual o atrativo e as dificuldades deste trabalho? Qual tem sido o posicionamento da sua empresa neste mercado?

AR –¬†O atrativo passa definitivamente por poder ajudar Enfermeiros a ter a oportunidade que eu tive de trabalhar como Enfermeira num pa√≠s que me ofereceu melhores condi√ß√Ķes quando terminei a minha licenciatura em Enfermagem e decidi ir para o Reino Unido para trabalhar como Enfermeira. A EPSN oferece oportunidades quer no p√ļblico quer no privado para profissionais de sa√ļde em diversas √°reas: Enfermeiros, M√©dicos, Fisioterapeutas, Dentistas, etc. A dificuldade muitas vezes prende-se com o facto de infelizmente nem todos os candidatos passam nas entrevistas e informar o candidato do n√£o sucesso ainda √© dif√≠cil mas tento sempre ter um discurso positivo e construtivo e sempre que poss√≠vel uma alternativa para o candidato.

 

Emprego Sa√ļde ‚Äď Quais s√£o as oportunidades e amea√ßas neste momento para um profissional de sa√ļde que queira migrar?

AR –¬†As oportunidades continuam a ser de facto muitas para os profissionais de sa√ļde um pouco por toda a Europa mas tamb√©m em outras partes do mundo.

As ameaças tem muito a ver com as mudanças políticas e sócio-económicas que estão a ocorrer na Europa. Por exemplo, no Reino Unido, a NMC (equivalente à Ordem dos Enfermeiros) exige agora um exame admissão o IELTS com score mínimo de 7 em 4 áreas: Listening, Reading, Writing e Speaking.

 

Emprego Sa√ļde ‚Äď O Reino Unido tem sido um destino de elei√ß√£o para profissionais portugueses. Que raz√Ķes est√£o na base dessa escolha? Que feedback obt√©m dos candidatos colocados e dos empregadores?

AR –¬†Da parte dos hospitais, o feedback √© un√Ęnime que os enfermeiros portugueses s√£o os melhores enfermeiros que t√™m a trabalhar com eles. N√£o s√≥ temos uma das melhores forma√ß√Ķes profissionais em Enfermagem como temos aliado a isso uma paix√£o pela profiss√£o e uma grande vontade de contribuir e crescer tanto profissional como pessoalmente!

 

Emprego Sa√ļde ‚Äď Quais os pormenores que um candidato que procure emprego fora de Portugal n√£o pode descurar?

AR –¬†Um dos pormenores mais importantes √© ter um objectivo concreto para o seu futuro profissional que pode passar por trabalhar numa determinada √°rea de Enfermagem, trabalhar ou viver num determinado pa√≠s ou regi√£o do pa√≠s porque sempre desejou faz√™-lo ou porque t√™m fam√≠lia ou amigos, obter forma√ß√£o profissional, progress√£o na carreira, etc. Existem in√ļmeras possibilidades, mas crucial √© saber qual o mais importante e destes factores qual n√£o se quer mesmo abdicar e ser flex√≠vel quanto aos outros porque uma coisa que aprendi √© que n√£o se pode ter tudo no imediato. Podemos ter algumas coisas, mas as outras temos trabalhar para as obter! Outro pormenor muito importante √© a l√≠ngua. Dominar a l√≠ngua do pa√≠s de destino √© extremamente importante para atingir o objectivo proposto.

 

Emprego Sa√ļde ‚Äď Que conselho daria a um jovem que est√° no √ļltimo ano do curso de forma√ß√£o de base?

AR –¬†O primeiro √© mesmo ir pensando sobre o que quer fazer profissionalmente quando terminar o curso. Se o objectivo passar por emigrar, ent√£o conhecer tudo o que precisa sobre o pa√≠s destino e as exig√™ncias para trabalhar nesse pa√≠s. Dominar a l√≠ngua √© fundamental n√£o s√≥ para exercer fun√ß√Ķes em pleno mas em muitos pa√≠ses √© mesmo uma imposi√ß√£o profissional. Por ex: para o Reino Unido, os Enfermeiros e M√©dicos t√™m de fazer exame IELTS e obter um score m√≠nimo pelo que devem apostar desde cedo na prepara√ß√£o para este exame. √Č um exame de compet√™ncias lingu√≠sticas mas com uma estrutura muito espec√≠fica pelo que deve haver alguma prepara√ß√£o para o mesmo! A EPSN tem uma parceria com o British Council em Portugal para ajudar os profissionais de sa√ļde que tenham de fazer o IELTS!

 

Emprego Sa√ļde ‚Äď Que hist√≥ria recorda com mais satisfa√ß√£o no seu percurso como profissionais e recursos humanos?

AR –¬†Ainda s√£o bastantes as Hist√≥rias que recordo com satisfa√ß√£o e √© dif√≠cil escolher apenas uma!¬† Vou escolher uma mais recente a hist√≥ria de uma Enfermeira rec√©m-licenciada que queria ir para uma √°rea espec√≠fica no sul do Reino Unido e trabalhamos com hospital nesta √°rea que referiu querer apenas Enfermeiros com experi√™ncia e registados na NMC. Iniciou o registo com a NMC e depois de alguns percal√ßos no registo com esta entidade que fez com o registo se atrasasse em alguns meses tudo l√° se resolveu pelo melhor. Quando a Enfermeira foi a entrevista simplesmente maravilhou os entrevistadores que n√£o pensaram duas vezes e lhe ofereceram o emprego! Quando se mudou para o Reino Unido e come√ßou a trabalhar informou-me o qu√£o boa estava a ser a experi√™ncia apesar da dificuldade de estar longe da fam√≠lia! Disse ainda que estavam todos a ser muito simp√°ticos e a ajudar com tudo para tornar esta transi√ß√£o mais r√°pida e menos dolorosa e disse-me o quanto estava contente por ter conseguido! Tentar √© a chave e quando se quer muita uma coisa ela acaba por acontecer mesmo com as dificuldades que surgem pelo caminho. E n√£o desistir claro!

161 total de vistas, 2 hoje